domingo, 11 de dezembro de 2011

Meu Herói Bíblico Preferido



"O quê? O Gustavo admitindo que admira a Bíblia"!?

Sim, gente... qual o problema nisso? Admirar não significa acreditar. Eu sempre achei a história de Jesus Cristo uma belíssima ficção. Assim como gosto de outras ficções, como as científicas de Carl E. Sagan, as fantásticas de John R.R. Tolkien e as apavorantes de Edgar A. Poe. Nada demais nisso. Até paguei pra ver o filme sanguinolento do Mel Gibson no cinema (quase chegou a respingar sangue em mim). E a Bíblia, como o livro fictício que de fato é, tem lá suas histórias legais particularmente dentro dos livros apócrifos, textos que a Igreja Católica proibiu no Concílio de Nicéia no ano 325, afirmando não serem "inspirados por Deus".

A bem da verdade, inspirado por Deus livro nenhum nesse mundo é. Volto a dizer: a Bíblia é uma obra literária de ficção, algo como literatura fantástica, escrita, reescrita, alterada, realterada e manipulada ao longo de séculos e mais séculos por pessoas comuns como eu ou você, que está lendo isso aqui. O fato de um livro ser antigo e/ou de difícil definição quanto à autoria não o torna, nem verídico, nem tampouco divino.

"Peraí, Gustavo... está dizendo então que leu um livro da Bíblia"!!!? Galera, eu leio de tudo. Minha cabeça é aberta, só não deixo merda ficar dentro dela. No caso, li a obra Anjos Caídos e a Origem do Mal, de Elizabeth Clare Prophet, que traz em seu conteúdo o Evangelho de Enoque livro proscrito da Bíblia oficial por afirmar que todo o mal que assola a humanidade desde sempre na verdade é culpa de Deus, que criou anjos tarados que não pestanejaram em descer aqui pra dar umazinha na mulherada. É isso aí, pessoal... a culpa de tudo que acontece de ruim conosco é unicamente de Deus. Se ele não existisse, nada disso estaria acontecendo. Durma com isso agora.

Este é o profeta Enoque, o cara que fumou um baseadão de 3m e escreveu essa viagem toda.


Se analisarmos bem, com senso crítico e conhecendo também os evangelhos apócrifos, a Bíblia é um festival de putaria sem fim! Tem muitas passagens para tarados, gays (até aqui nada contra), e até para estupradores e pedófilos (aí fodeu) – e tudo com o aval de Deus. Uma das passagens mais aberrantes diz respeito a Ló, que comeu as próprias filhas (Gên 19:32)! Clique AQUI pra ver uma crítica a respeito no site Bar do Ateu, do meu colega Wagner Caldas.
Só que o mais interessante é o seguinte: para Deus, incesto não é pecado algum, mas masturbação é, e mortal. Tanto é assim que Ele matou Onã porque este bateu umazinha (Gên 38:10). Contraditório? São as leis do Todo-Poderoso, e com relação à religião nada que vá a favor do bom-senso, da lógica, da ética e da moralidade tem valor algum...

O que talvez possa te surpreender é que, para mim, Jesus não é meu personagem bíblico preferido. Aliás, os católicos mais exaltados e fixos apenas e unicamente no livro oficial provavelmente nunca ouviram falar dele: Samyaza.


Nunca teve o devido reconhecimento.
Quem!? Samyaza, um daqueles anjos tarados já mencionados. "Mas por que um herói tão desconhecido"? Ué, pessoal... herói tem que ser famoso? Em muitas histórias, o verdadeiro herói passa praticamente despercebido a própria Bíblia é um exemplo, com seus heróis famosos, como o rei Davi (que aliás era bicha). Em outro exemplo, para mim o maior herói de O Senhor dos Anéis não é Frodo Bolseiro ou Aragorn, mas Samwise Gamgee. Foi ele quem salvou Frodo inúmeras e inúmeras vezes, carregou-o nos braços, lutou suas lutas... enfim, Frodo não teria a menor chance sem seu amigo, e a maioria das pessoas parece não perceber isso ao longo daquela história. Outro herói preferido meu que não se encontra nas fileiras da fama é Norrin Radd, mais conhecido como Surfista Prateado, da Marvel Comics. Não sei como ele está hoje, mas na minha época de leitor assíduo ele era um ser cósmico ultrapoderoso que se recusava a usar de força bruta e questionava a miserabilidade da existência humana com a pungência de um poema filosófico! Sensacional!


Mas voltando à nossa história, o livro só começa a ficar legal a partir do capítulo VII. Antes vem tooooooda aquela falácia repetitiva, enfadonha, sonolenta e chata de toooooodo livro da Bíblia, falando que Deus é lindo, é bondoso, é misericordioso, quem não temê-lo tá fodido, quem o adora terá vida eterna, blá-blá-bli, bló-bló-bló... amém. É a partir deste ponto que nosso intrépido herói, Samyaza (Samy, para os íntimos), que sempre viveu cercado de anjos homens cujo objetivo era ficar vigiando os seres humanos (e por isso eram chamados de Vigilantes), olhou lá do céu pra cá, viu um monte de mulher... e é CLARO que ficou doidão, oras! Se Deus nos fez à sua imagem e semelhança (e aos anjos idem) era natural se esperar que também tivessem o mesmo comportamento. Mas Deus também lhes deu, assim como a nós, o livre arbítrio o argumento preferido de todo religioso para justificar Sua desatenção para com nosso mundo. Aliás, já perceberam que, sempre que usamos de nosso livre arbítrio para questionar Deus, estamos sendo influenciados pelo demônio e nos condenando ao inferno!? Que caralho de livre arbítrio é esse então, que a gente só pode usar pra concordar com Deus!?
Além do mais, se os anjos começaram a desejar mulheres terrenas, por que diabos Deus (olha a redundância!) não criou anjas para eles? Ele não é fodão, poderosão e tal!? Se ele não tem ideia de como fazer ou de design para começar, pode ter alguma inspiração com nossos artistas aqui na Terra mesmo...

Se Deus tivesse criado algumas iguais a essa, os Vigilantes
jamais teriam pensado em vir pra cá.

Ah, esqueci... mulher é coisa do demônio. Segundo São Jerônimo, a mulher é uma ferramenta de Satã e um caminho para o inferno.
Tem outras frases legais AQUI. Sério, mulher só pode ser cristã se não conhecer esse tipo de coisa. Ou se for otária mesmo.


Na verdade o demônio (ou diabo, satã, satanás, tição, cramulhão, ímpio, descrente, malfeitor, obreiro da iniquidade, tinhoso, praticante do mal, injusto, pagão, cão, coisa ruim, impuro, maligno, inimigo, imundo e etc) é tão somente o alvo dos que não tem capacidade ou coragem para pensar por si mesmos. Aí a religião, para lhes tirar essa "culpa", vai e coloca a causa de todas coisas ruins no demônio o que também é útil para livrar, tanto ela como o próprio Deus, de qualquer questionamento por parte dos imbecis fiéis.



Para Deus, se você olhar com desejo, está
pecando. NÃO OLHE COM DESEJO!

Ops, fugi da narrativa, vamos retornar. Qual a real culpa de Samy nessa história toda? NENHUMA! Ele estava apenas e tão somente obedecendo a um desejo tão natural quanto respirar ou comer: o de ter prazer. Se, como dito anteriormente, ele foi feito à imagem e semelhança de Deus e nós também, era óbvio que isso iria acontecer. Mas pra Deus não pode, Deus não deixa você fazer nada que proporcione prazer ou satisfação física porque, em seu ego inflado, acreditar Nele já deveria ser motivo suficiente de felicidade e realização na vida. Todo o resto é inútil e pecaminoso. Na verdade, você não pode sequer OLHAR para uma mulher com desejo, pois já está pecando. Se duvida, pode consultar a Bíblia: Eu, porém, vos digo: todo aquele que lançar um olhar de cobiça para uma mulher já adulterou com ela em seu coração. (Matheus 05:28).


Desconfio que, na real, Deus não gosta de mulher. A evidência que tenho para isso é seu retrospecto durante o antigo testamento, em que ele matou e escravizou um monte de mulheres e menininhas pelos motivos mais torpes e idiotas imagináveis e só parou justamente no novo testamento, quando resolveu experimentar e deu uma patacada na virgem Maria para engravidá-la do menininho Jesus. O que uma mulher não faz com um homem, né...?


Satã foi o primeiro anjo a questionar Deus
– e a pagar caro por isto.
Existiram, na realidade, duas quedas de anjos descritas na Bíblia (apocrifamente ou não), demonstrando que os mesmos eram criações pra lá de imperfeitas e desobedientes do alardeado ser perfeito. A primeira foi devido ao orgulho, a rebelião do arcanjo Lúcifer contra a autoridade de Deus na qual foi acompanhado por uma multidão de anjos menores; e a segunda a que estamos tratando aqui, que fala do desejo incontrolável dos Vigilantes pelas mulheres. Aqui temos de novo aquela ideia absurda e ignorante de que o livre-arbítrio só pode ser usado para corroborar Deus, nunca para contestá-lo. Seja como for, dá pra se ter uma noção de como o céu é um marasmo enfadonho, chato e totalmente sem graça até mesmo para os anjos, concebidos para viver lá, e que nem mesmo estes suportam esse tal "paraíso" celeste criado para abrigá-los. Dá perfeitamente pra entender.

Puts, fugi de novo. Desculpem, mas é muita merda pra um livro só! Samy sabia que estava indo diretamente contra Deus e ficou com um medo natural da punição que certamente viria do tal Altíssimo. Na verdade ele temeu que os outros anjos desistissem no meio do caminho e que só ele fosse castigado. Só que outros anjos pervertidos, que também tavam afim de vir pra cá dar um krempz nas guria, o encorajaram a seguir no empreendimento, jurando fidelidade ao pacto. Aliás essa é uma história de amizade sem igual: seus amigos o apoiaram incondicionalmente, mesmo sabendo que também sofreriam sérias consequências. Muitos outros anjos libertinos também interessados na sacanagem se juntaram a eles, e assim Samy e outros 17 amiguinhos de nomes lindos (Urakabarameel, Akibeel, Tamiel, Ramuel, Danel, Azkeel, Sarakmyal, Asael, Armers, Batraal, Anane, Zavebe, Samsaveel, Ertael, Turel, Yomyael e Arazael) lideraram um intrépido esquadrão de 200 anjos em sua aventura sexual na terra. E quando chegaram aqui, cumpriram o que planejaram: escolheram suas mulheres e mandaram ver sem dó! Mas, sabe-se lá como, engravidaram as moças (essa nem a exobiologia experimental explica), e estas geraram filhos híbridos gigantes, conhecidos como Nephilins! Alguns tinham até 11m de altura, segundo os "relatos". Tem um link a respeito no final do artigo.



Mas enfim, essa parte do livro não nos interessa. Tem uma outra mais relevante: em dado momento, nossos herois se arrependem sinceramente do que fizeram e vão pedir perdão a Deus e este, que é tão bondoso, misericordioso e amoroso com todos os seus filhos... RECUSOU! E ainda lhes reservou um castigo terrível. No capítulo VIII do Evangelho de Enoque descobrimos que nossos herois não ficaram só na safadeza sem fim... eles também ensinaram muitas coisas à mulherada: se produzir e ficar bonitonas, por exemplo! Neste caso específico, temos de agradecer a Azazyel, grande amigo de Samy (mais detalhes abaixo). Um dos maiores autores cristãos dos Séc. II e III, Tertuliano, já havia escrito que "quando estes anjos caídos revelaram substâncias ocultas e numerosas outras artes (...) deram às mulheres os instrumentos para a vaidade feminina: o brilho das pedras preciosas em colares, decorados em diferentes cores, braceletes de ouro, preparações coloridas usadas para tingir lá e o pó preto usado para aumentar a beleza dos olhos". O apóstolo Paulo dizia "portanto, a mulher deve cobrir sua cabeça (dentro da igreja, por causa dos anjos)". Para ele, aos mostrar seus cabelos, a mulher incitava à libertinagem os anjos. Parece até aquele pessoal de hoje que culpa a mulher pelo estupro, dizendo que ela "encoraja" o homem a violentá-la. Puro machismo ridículo e ostracista.

À esquerda, uma mulher de acordo com a vontade de Deus; à direita, outra mulher, usando e abusando dos ensinamentos de Azazyel. Agora seja hipócrita e mentiroso o suficiente para me dizer que prefere a 1ª.

Fora isso (como se fosse pouco), eles nos ensinaram otras cositas más:

  • Como dito antes, Azazyel é o segundo grande personagem de nossa história: além de ter ensinado todos os truque de beleza e sedução às nossas gatas, era um polímata sem igual e mostrou aos homens como confeccionar espadas, escudos e armaduras;
  • Amazarak ensinou-nos truques, enquanto Armers nos mostrou como solucionar os mesmos (estilo Mr. M, lembra?);
  • Barkayal nos ensinou astrologia (nem tudo é perfeito);
  • Tamiel nos iniciou na astronomia (agora sim!);
  • Akibeel nos apresentou ao mundo dos sinais (não faço ideia do que isso significa);
  • Asaradel nos apresentou os movimentos lunares.
Samyaza e Azazyel, a dupla dinâmica! O primeiro encorajou os outros a virem; o segundo ensinou as mulheres a dar um tapa no visual.

Pois é... nem tudo que foi ensinado era útil. Havia muita pseudociência também. Já estamos no capítulo IX e, com os Nephilins devorando todos os recursos naturais do homem (e o próprio homem), a humanidade deu um gritão tão alto que até a galera lá no céu ouviu! Os arcanjos Miguel, Gabriel, Radael, Suryal e Uriel olharam pra cá e viram a bagunça. Só que, antes de pedir ajuda de forma sucinta a Deus, em Seu ego com elefantíase Ele tem que ser bolinado durante vários minutos para dignar-se fazer alguma coisa. No livro diz que estes anjos falaram para Ele o seguinte:


Eno 09:02 - a Terra desprovida de seus filhos clamou até os portões do céu
Eno 09:03 - e agora à vós, ó santos celestiais, as almas da humanidade reclamam dizendo: obtende justiça do Altíssimo para nós. Eles então se dirigiram ao seu Senhor, o Rei, o Senhor dos Senhores, Deus dos Deuses, Rei dos reis: O trono de Tua glória é eterno e para sempre seja Teu nome santificado e exaltado. Tu és bendito e glorificado
Eno 09:04 - Fizeste todas as coisas, possuis poder sobre tudo, que é compreendido e manifestado perante ti. Contemplas as coisas e nada te pode ser ocultado


E só daí em diante eles começam a explicar pra Deus o que está acontecendo. Porra, não bastaria dizer "Deus, a humanidade precisa de Sua ajuda" ??? Já pensou você precisando urgentemente de socorro e antes tem que falar tudo isso para um policial ou bombeiro? Você morre! Mas, como disse antes, primeiro tu tem que demonstrar que é um merda totalmente inferior e suscetível a vontade Dele e lamber-lhe bastante os bagos, pra depois sim tentar arrancar alguma coisa do Hômi.
Uma passagem interessante está no próximo versículo: 

Eno 04:05 - Tu viste o que Azazyel tem feito (...) aberto ao mundo todas as coisas secretas que são feitas no céu 

Perceberam? Tudo isso já existia no céu!


Aí vem o capítulo X e o Senhor, muito bonzinho, resolve revidar, determinando algumas coisas:

  • mandou Uriel avisar a Noé que iria inundar o mundo todo
  • ordenou a Rafael que amarrasse Azazyel pelas mãos e pés, cobrisse seus olhos e o enterrasse no deserto com pedras pontiagudas, instruindo-o ainda a atirá-lo ao fogo no dia do juízo
  • e a Miguel disse para amarrar Samyaza e enterrá-lo vivo até o tal dia do juízo, quando também vai ser queimado vivo por toda a eternidade

No capítulo XIII o próprio profeta Enoque entra em cena. A essa altura, nossos herois já sabem que Deus tá uma arara com todo mundo e que vai descer o cacete geral. Com medo, pedem para o profeta interceder em seu favor. O bate-papo é o seguinte:

Eno 13:01 - Enoque então prosseguiu e disse a Azazyel: não obterás paz. Uma grave sentença foi proferida contra ti. Ele te aprisionará
Eno 13:02 - Descanso, compaixão e súplica terás, devido à opressão que ensinaste
Eno 13:03 - Em consequência de todos os atos de blasfêmia, tirania e pecado que revelaste aos filhos dos homens
Eno 13:04 - Deixando-o, falei a todos eles juntos
Eno 13:05 - E ficaram apavorados e tremeram
Eno 13:06 - Implorando que por eles escrevesse uma petição de súplica para que pudessem ser perdoados e pedindo que levasse suas orações até o Deus do céu, pois estavam impedidos de dirigir-se a Ele e de elevar seus olhos aos céus por causa da ofensa pela qual foram julgados
Eno 13:07 - Escrevi então uma petição com suas orações e súplicas, pedindo por seus espíritos a fim de que conseguissem a remissão e o descanso e de que fossem esquecidos todos os seus atos


Os caras se arrependeram. Se por consciência ou simples medo mesmo não importa, Deus ama e perdoa todos os seus filhos, e eles esperavam apenas e tão somente o mesmo tratamento dispendido aos homens aqui na Terra. Afinal, se Ele intercede por nós, não deixaria de fazê-lo por eles, não é? Não.

Eno 14:02 - (...) Escrevi vossas petições, e na minha visão me foi mostrado que, enquanto o mundo existir, vossos pedidos não serão atendidos
Eno 14:03 - O julgamento foi pronunciado contra vós. V
ossos pedidos não serão atendidos
Eno 14:04 - De hoje em diante, não mais ascendereis aos céus; Ele disso que vos aprisionará na Terra enquanto o mundo existir
Eno 14:05 - Mas antes destas coisas se passarem, testemunhareis a destruição dos vossos amados filhos; eles não serão vossos, pois pela espada tombarão diante de vós
Eno 14:06 - Nem podereis rogar nem por eles nem por vós

Eno 14:07 - Mas lamentareis e suplicareis em silêncio


A Queda dos Anjos, por Paul Gustave Doré.

Se nem suas criações diretas, os anjos, ele perdoa, que dirá nós, que nada temos a ver com ele? Deus mostrou-se um tanto cruel ao castigar não apenas os anjos mas também seus filhos e fazendo-lhes questão de mostrar isso.
Há outras coisas interessantes a serem notadas aqui. Deus, quando vê que fez merda, manda logo destruir tudo de uma vez. Ele não parece lidar muito bem com o fracasso. Se fosse na vida real, ele teria sérios problemas em aceitar a derrota e seria provavelmente taxado como uma criança mimadinha e egocêntrica.. e outra coisa que me deixa pra lá de puto (meu lado biólogo falando mais alto desta vez) é que ele não pune apenas quem fez alguma coisa, mas TUDO que existe ao redor. Um exemplo está bem abaixo:

Gên 06:05-07 - Destruirei de sobre a face da Terra o homem que criei, tanto o homem como o animal, os répteis e as aves do céu, pois me arrependo de os haver feito


Alguém pode me dizer que culpa os animais têm nessa historinha toda!? Ele se arrepende de tê-los feito por que motivo!?

Vamos finalizar. Após saber de toda a história vemos que, além de tudo, esses anjos eram verdadeiros guerreiros! Encararam mulheres grotescas e as embelezaram para que nós, que estamos aqui hoje, as desfrutemos. Samyaza e Azazyel fizeram muito mais pela humanidade do que qualquer outro, fala a verdade! Deus até pode ter criado a mulher em seu conceito básico, mas foram os anjos que as ensinaram a se tornar MULHERES de fato, desejáveis e sedutoras. E para nós!

Eles tiveram que encarar isto...
... e as transformaram NISTO. E para você.

É, queridos leitores... se elas são assim hoje, o devemos à Samy, Zazá e sua turma. Duvido que algum de vocês jamais os tenha agradecido ou sequer os reconhecido por isso.
Nem mesmo as mulheres, com suas maquiagens, cílios postiços, joias e vestimentas provocantes... tudo isso lhes foi ensinado por Azazyel.

A única questão que ficou pendente é: por que Deus não criou "anjas" para vir subverter os homens aqui da Terra? Por que só as mulheres podem se divertir, porra!? Poderia até mesmo ser a solução para a avalanche pedófila que varre a Igreja: ao invés de estuprar usar criancinhas, os padres poderiam se saciar com "mulheres" de verdade! Seria um nicho que Samyaza poderia explorar...


Aí, Samy e Zazá... #ficadica! Criem alguns súcubos pra vir tentar os homens também! E podem mandar o primeiro pra mim! ;)

Gente... que esse negócio todo de gigantes e esqueletos enormes sendo encontrados em diferentes partes do mundo é tudo mentira eu nem preciso dizer né? Mas vale à pena dar uma olhada no E-Farsas, que explica a palhaçada toda.



Hoje não tenho muitos links... mas aí vão alguns:

11 comentários:

  1. Acho legal seus textos, essa mistura com um pouco de humor me agrada bastante

    ResponderExcluir
  2. Já eu sinto pena que seja mais uma alma perdida no mundo.

    ResponderExcluir
  3. Lembro vagamente da ultima leitura que fiz da Bíblia foi quando tentaram me balizar aos 13 anos num curso idiota de batismo evangélico. Ainda lembro quando os colegas debocharam da minha ignorância ao não localizar um versículo, coisa tão básica para todos.
    Lembro ainda das tais aulas de catequese antigamente impostas nas salas de aula, onde histórias fantasiosas eram contadas pelas freiras, porém até então inocentes.
    Desde então perdi a curiosidade da sua leitura.
    Porém vendo o seu empenho, acabei dedicando algumas horas a uma numa nova leitura.
    Deparei-me com várias passagens que falam em sacrifícios de animais em nome de deus, e pior, deus ficou feliz com o cheiro do sangue, tem até uma passagem onde 2000 animais foram sacrificados para este fim.
    Deus está sentado em um trono cercado de animais bizarros “encachopado de olhos”, com várias asas e chifres, incansáveis observadores das maldades humanas que jamais dormem!
    Isso sem contar com a história da tal tribulação, onde um cometa atingirá a terra abrindo uma fenda tão profunda que libertará os “escorfanhotos” (mistura de escorpião com gafanhoto), que vão “ferrar” os infiéis durante meses que sentirão a dor da morte e não vão morrer, e o suicídio será impossível, pois durante a tal “vingança” os infiéis serão imortais para sentir todo o sofrimento e o poder de deus.
    Pecado está na vendagem deste absurdo, deixar uma criança ter acesso a tal Bíblia Sagrada é um crime.
    Uma literatura rica em rituais satânicos só pode agradar ao diabo e trazer muito desgosto a memória desvirtuada de Jesus.
    A Bíblia sempre foi e sempre será o livro mais vendido no mundo.
    É o retrato podre da humanidade!

    ResponderExcluir
  4. Sempre achei o Satã o meu herói favorito, por ter a coragem de questionar deus e ter sido o primeiro livre pensador. Mas terei de dar o braço a torcer pra você agora. Belo texto e Azazyel te abençoe!

    ResponderExcluir
  5. essas mulheres sempre existiram cada qual na sua epoca e moda diferente...CASE-SE COM ALGUMA E VERÁ... CASAR É DIVINO..SE CAIR EM PROSTITUIÇÃO É VAIDADE E PROFANO...Eu costumo dizer que o elogio destrói mais do que a crítica. Porque a crítica, ainda que seja dolorida, ela ajuda você a melhorar mais, mas o elogio destrói o homem...PQ LOGO É VAIDADE E A VAIDADE ILUDE E DESTROI A HONRA E VIRTUDE DO HOMEM QUE E A CRIATURA TERRENA MAIS SOBERANA,

    ResponderExcluir
  6. Pois mudaram a verdade de Deus em mentira, e honraram e serviram mais a criatura do que o Criador, que é bendito eternamente. Amém.
    Romanos 1:25

    ResponderExcluir
  7. Ola, Sou Ateu. Seus textos são bravos, porem há algo que quero compartilhar. Para isso pegarei uma palavra emprestada da psicologia sendo ela o misoneísmo, ou seja, todo aquele que tem medo do novo, usando um exemplo não divino tenho a dispor a natureza do "susto" que consequentemente traz um medo do novo, diferentemente da crença o susto é breve, acontece momentaneamente sendo que não há possibilidade de raciocínio no ato da ação. Deste modo a pessoa se assusta. O que seria a crença senão algo parecido? O que vem depois da morte? E claro isso é uma crença, pois se não fosse seria uma verdade absoluta e não há controversas sobre verdades absolutas, ou seja, 2+2 é 4 e ponto. Deste modo venho a propor que o ateísmo também é uma crença. Assim como você eu considero a bíblia como uma escritura de manipulação, porém vejo ela como necessária, pois quase tudo é relativo, sendo assim digo que os paradigmas devem ser quebrados, mas há pessoas que necessitam morrer com eles, Pois de fato, é de se concordar que a crença é uma ilusão, mas os sentimentos depositados nesta ilusão são verdadeiros, ou seja, há indivíduos que nunca irão acreditar que Deus não existe. Contudo observo o contexto em abrangência e me deparo com uma espécie de "Guerra supérflua", Pois não tenho que pensar igual, mas sim "amar" os diferentes, não vejo a necessidade de lutar por essa causa, pois não me importo com crenças, essas de tal modo a nos levar a discussões sem o consentimento de uma verdade absoluta. Obs: Quando digo "verdade absoluta" digo que nada foi cientificamente comprovado. Se quiseres debater sobre o assunto disponho meu e-mail: zazo_surf@hotmail.com.

    ResponderExcluir
  8. Essa história dos anjos vindo a terra e depois ensinando a nós o uso dessas coisas me lembrou do mito grego de Prometheu que era um titã que roubou o fogo de Zeus para ensinar a humanidade a evoluir e depois foi acorrentado em um monte onde todos os dias uma águia viria comer seu figado
    Adorei o post

    ResponderExcluir
  9. Texto Ridículo, você não sabe nada sobre a Bíblia, Deus ou livre arbítrio. Você pode questionar a existência de Deus, a veracidade da Bíblia. Nenhum cristão verdadeiro está preocupado em provar a existência de Deus pois,para quem o conheceu não é uma experiência teórica e superficial como a sua, mas de convicção. A bíblia não esconde coisas como incesto exatamente porque não veio para enganar, os homens são filhos, errados. Como as filhas de Ló(citado acima) que deram tanta cachaça pro pai para trancarem com ele sem ele saber que eram elas, e ele fez isso sem saber... Enfim, espero que você aprenda mais sobre a Bíblia...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já eu espero que você aprenda mais FORA dela. ;)

      Excluir